Um blog onde damos primazia à informação curta, clara e concisa
Quarta-feira, 21 de Janeiro de 2009
Portugal distinguido no Parlamento Europeu – Programa de Rastreio do cancro do colo do útero da ARS do Alentejo

A Cimeira da ECCA (Associação Europeia Contra o Cancro do Colo do Útero) reconhece e premeia a Administração Regional de Saúde do Alentejo pelo seu programa de rastreio do cancro do colo do útero. Os primeiros resultados do programa de rastreio no Alentejo são apresentados hoje nesta cimeira.

No âmbito da III Semana de Prevenção do Cancro do Colo do Útero, e a convite da European Cervical Cancer Association, Rosa Matos, Luis Gonçalves e Conceição Margalha, presidente, vice-presidente da ARS Alentejo, e coordenadora do Programa, respectivamente, irão apresentar os primeiros resultados do programa de rastreio do Alentejo da responsabilidade da respectiva ARS.

O programa iniciado em Janeiro de 2008 estrategicamente alinhado com as prioridades dos Planos Nacional e Regional de Saúde, tem como missão principal diminuir a incidência e mortalidade do cancro do colo do útero no Alentejo, promover o tratamento atempado, aumentar a sobrevivência das mulheres diagnosticadas com esta doença e fazer o diagnóstico precoce a todas as mulheres assintomáticas.

Este rastreio organizado que envolve mulheres dos 30 aos 65 anos, preconiza duas colheitas em dois anos seguidos, que serão repetidas com intervalos de três anos. Estão abrangidos os 44 centros de Saúde, as 3 Unidades de Saúde Familiar (USF) da região, bem como o Departamento de Patologia (Anatomia Patológica) do Hospital do Espírito Santo de Évora (que analisa todas as amostras recolhidas) e as consultas de ginecologia dos Hospitais de Portalegre, Évora e Beja.

A ARS do Alentejo produziu materiais de divulgação para o grande público, que visam esclarecer devidamente a população sobre esta doença e como a mesma pode ser prevenida. A campanha da informação centrou-se também nos aspectos práticos do rastreio, nomeadamente, o envio de cartas/convocatórias às utentes com a indicação do dia e hora para realização do exame. Adicionalmente, pôs à disposição das utentes uma linha telefónica (número verde gratuito) de aconselhamento que responde a todos os pedidos de informação recebidos. Esta linha atende uma média de 250 telefonemas por mês. Até à data de hoje, mais de 20.000 mulheres foram incluídas e rastreadas  tendo sido realizadas 17.400 citologias.



publicado por noticiasevora às 18:52
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





posts recentes

Ciclo de Concertos Promen...

Em Montemor-o-Novo há mús...

Évora recebe “Tool Fair” ...

Câmara Municipal de Évora...

Évora homenageia “Manel d...

Reguengos de Monsaraz com...

Telemedicina já efectuou...

Évora comemora Dia Mundia...

Montemor-o-Novo comemora ...

Mora comemora 25 de Abril...

arquivos

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds