Um blog onde damos primazia à informação curta, clara e concisa
Quarta-feira, 23 de Julho de 2008
A "Festa do Cante" nas Terras do Grande Lago

 

O espelho de água do Grande Lago (Alqueva) vai ser via e palco de uma demonstração musical oral "cante", dos povos das suas Aldeias Ribeirinhas no próximo sábado.

A monotonia das águas vai ser quebrada, a partir das 15h30m, pelo "cante e encanto" das vozes dos Grupos Alentejanos residentes nas suas margens, bem como pela alegria e movimento de um "Coro Rocieiro" de Vila Nueva Del Fresno, numa caminhada que nos transporta desde a Marina da Amieira.

A viagem de barco passa pela Barragem e pela maioria das Aldeias Ribeirinhas até à vila histórica de Monsaraz, onde ao fim da tarde (19h30m), num desfile pela Rua Direita, e com uma actuação no Adro da Igreja, o "Cante Alentejano" dos nossos Grupos, e o "Salero" de nuestras hermanas, deliciará os visitantes com as suas vozes e movimentos, numa troca de experiências e cultura dos povos que hoje partilham as "Terras do Grande Lago "Alqueva".

O convívio continuará noite dentro, numa "ceia medieval" na Praça de Armas" do Castelo de Monsaraz, tornando assim as "Comemorações do 6º Aniversário do Grupo Cultural e Desportivo da Freguesia de Monsaraz" numa grande "Festa do Cante" nas Terras do Grande Lago (Alqueva).

A iniciativa conta com o apoio do Grupo Imoholding que se encontra a desenvolver na região o projecto turístico-residencial Vila Lago Monsaraz.

 

 



publicado por noticiasevora às 14:53
link do post | comentar | favorito

“Trio de Flamenco” apresenta-se no Fórum Eugénio de Almeida

 

 

O Páteo do Fórum Eugénio de Almeida, em Évora, vai ser invadido pelos ritmos e pela paixão do flamenco mais genuíno, na próxima quinta-feira, pelas 19 horas. Trata-se de um concerto com um trio de Flamenco, que encerra o Ciclo de Música de Verão Intermezzo 2008, promovido pela Fundação Eugénio de Almeida.

Francisco Montoya na guitarra flamenca, Sebastian Chiriie no cajón e percussão e José Pato na voz e na guitarra, convocam com maestria os ritmos e a alegria do flamenco puro – considerado matriz da música dos ciganos ibéricos – aliados às raízes mais profundas deste registo musical na cultura mourisca.

Ícone da música espanhola, o flamenco vem sofrendo influências da música moderna como a salsa e o jazz. Com Francisco Montoya, a guitarra flamenca assume um tom poderoso, intenso e dinâmico. Emociona, diverte e inspira com a sua fusão de estilos, entre sonoridades flamencas tradicionais e apontamentos árabes.

O encontro de culturas “através dos cantares de raiz popular, expoente máximo da identidade cultural e nacional de cada povo” foi o mote para esta edição do Intermezzo 2008, segundo Margarida Rebocho, programadora musical do evento. O festival contou com a participação de “O Aprendiz de Ternuras”, projecto de homenagem ao jazz brasileiro, personificado por Tom Jobim; “Trilhos”, com sonoridades entre o jazz e o tradicionalismo de Carlos Paredes; ”El Fad”, uma viagem às raízes árabes comuns das culturas lusa e espanhola; os versáteis “Musicalbi” e o quinteto luso-italiano-brasileiro Barbacute.



publicado por noticiasevora às 14:49
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 22 de Julho de 2008
Concerto dos Laureados do Prémio José Augusto Alegria realiza-se no próximo domingo

 

No dia 27 de Julho, às 19h30, no Teatro Garcia de Resende, realiza-se a sessão de Entrega de Prémios e o Concerto dos Laureados do Concurso de Jovens Intérpretes – Prémio José Augusto Alegria, 2.ª edição, modalidades de Canto e Violino.

No ano da Comemoração dos 21 Anos da Associação Musical de Évora “Eboræ Mvsica” e dos 11 Anos da realização das Jornadas Internacionais “Escola de Música da Sé de Évora”, este concurso para Jovens Intérpretes tem como referência e patrono o Cónego Dr. José Augusto Alegria, que legou uma importante Obra Musical centrada no estudo e investigação das várias vertentes da “Escola de Música da Sé de Évora”, séculos XVI e XVII. Este Concurso realizar-se-á anualmente em várias Modalidades sendo este ano o Canto e o Violino.

Entre os objectivos deste concurso figuram o estímulo ao estudo da Música e à elevação dos níveis de desempenho; o desenvolvimento do gosto pela Música; a promoção de intercâmbio de aprendizagens e homenagear e dar a conhecer o patrono do prémio, Cónego José Augusto Alegria.

O prémio é organizado no âmbito de uma parceria estabelecida ente a Associação Eborae Mvsica, Câmara Municipal de Évora, Universidade de Évora, Ministério da Cultura-Direcção Regional da Cultura, Fundação Luís de Molina, Cabido da Sé de Évora e com o apoio do Instituto Vasco Vilalva, Casa Russo Música, Maestro, Jalmúsica e Acorde Lda.



publicado por noticiasevora às 14:44
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 21 de Julho de 2008
Serviço de Anatomia Patológica do Hospital de Évora quer criar um banco de tumores

 

Criar uma Euro-região ao nível da saúde é uma das ambições partilhadas por muitos profissionais de saúde e o exemplo disso é a intenção de ser criado, no Alentejo, um banco de tumores. O objectivo deste serviço é desempenhar um papel importante e decisivo para os doentes oncológicos não só da região, mas de todo o país e de toda a Europa, visto que este banco “deve funcionar em rede a nível europeu no sentido de haver, cada vez mais, um conhecimento aprofundado sobre os vários tipos de cancros”, sublinhou o médico Luis Gonçalves, director do serviço de Anatomia Patológica do Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE E.P.E).

Segundo este médico, impulsionador deste projecto no Alentejo, a candidatura a fundos comunitários, já foi efectuada, aguardando-se para Setembro ou Outubro, uma resposta que diz esperar que seja favorável. Actualmente, no serviço que dirige, existem já amostras parafinadas, “que representam um dos elementos constituintes deste banco, mas ainda nos falta termos capacidades e equipamento para possuirmos também amostras congeladas”, explicou. Por isso mesmo, para obter dinheiro para a compra do equipamento necessário foi apresentada essa candidatura ao programa INTERREG, devendo demorar a partir daí cerca de dois a três anos até estar concluído.

Luís Gonçalves sublinhou, contudo, que este projecto visa ser transfronteiriço, mantendo com a Extremadura, em particular com Badajoz, “uma relação de proximidade de trabalho, pois os nossos vizinhos estão muito desenvolvidos na questão da anatomia patológica”, acrescentando ainda que o serviço do HESE tem como consultor o director do serviço de anatomia patológica de Badajoz.

Instado sobre a importância de um banco de tumores, o médico explicou que “é essencial”, visto que o paradigma do tratamento oncológico tem vindo a modificar-se muito. “Cada vez curam-se mais cancros e curam-se porque a terapêutica deixou de ser indiferenciada, a quimioterapia e a radioterapia já é mais adaptada ao doente, mas a tendência é que caminhe para uma medicação individualizada com anti-corpos específicos para determinados tumores”, frisou.

No entanto, esta mais valia só é possível através de uma maior investigação e para que tal aconteça é necessário, segundo o mesmo médico, haver muito tecido tumoral. “Quando o tumor está a ser removido é congelado, conservado, criando-se deste modo uma carteira de neoplasias partilhada em rede por diferentes investigadores que vão dando achegas quanto à produção de maiores anti-corpos monoclonais que servem para diagnóstico, prognóstico e para terapêutica”, assegurou. O que a seu ver, “é um futuro extraordinário”, visto passar-se a ter uma medicina personalizada também na área oncológica. “E não se pode fazer isto se não houver bancos de tumores”, asseverou.

De acordo com Luís Gonçalves, em Portugal, não há nenhum banco de tumor propriamente dito. “Há esporadicamente algumas organizações a que chamam bancos de tumor, mas que eu não considero, pois para se poder assim chamar tem que haver uma rede, para que o conhecimento seja partilhado, senão são meros armazéns de amostras”, opinou. No entanto, afirmou que está a ser preparado, pelo Alto Comissariado da União Europeia, um esboço para a criação de uma rede portuguesa de bancos de tumores. “Se isto se concretizar, o banco de tumores do Alentejo estará ligado, com certeza, com todos os que aparecerem em Portugal, mas não deixará de manter a relação profissional com Espanha”, assegurou.

Para este médico, todas estas propostas e intenções devem ser encarados como mais um passo para a constituição da Euro-Região em termos sanitários. “São pedras que se vão colocando para que o nível de assistência sanitária vá crescendo na nossa região e que daqui a uns tempos haja uma verdadeira livre circulação dos doentes oncológicos”, sustentou, adiantando que a partir de então os utentes poderão ir onde pensarem que é melhor e que lhes é mais conveniente.



publicado por noticiasevora às 15:50
link do post | comentar | favorito

Domingo, 20 de Julho de 2008
Funcionários da extinta Região de Turismo de Évora “têm salários em risco”

 

A actividade da Comissão Instaladora da Área Regional de Turismo do Alentejo, encarregada de elaborar os estatutos deste futuro órgão, está parada devido à providência cautelar interposta no dia 7 deste mês, por cinco municípios do distrito de Évora, no Tribunal Administrativo e Fiscal de Beja. Enquanto a providência estiver a ser apreciada em tribunal e enquanto este não emitir um parecer, esta situação manter-se-á.

De acordo com o vice-presidente da comissão executiva da extinta RTE e presidente da Câmara Municipal de Arraiolos, Jerónimo Lóios, a reunião da comissão instaladora da nova região de turismo do Alentejo acabou por não acontecer, na passada terça-feira, o que em seu entender “vai condicionar o normal funcionamento das Regiões de Turismo do Alentejo, ficando comprometido o pagamento dos salários aos seus trabalhadores”.

Não obstante, este mesmo dirigente afiançou que a comissão executiva da RTE já manifestou disponibilidade para resolver o problema, ou seja, assegurar o normal funcionamento da região de turismo em causa, considerando que “os trabalhadores não devem ser prejudicados, pois devem receber os seus honorários no final do mês”.

Segundo Jerónimo Lóios, os três elementos que constituem a comissão executiva da RTE, ainda na terça-feira, endereçaram uma carta ao presidente da Comissão Instaladora da Área Regional de Turismo do Alentejo, com conhecimento dado também ao secretário de Estado e aos trabalhadores da RTE, desta sua intenção em assegurar a gestão desta região de turismo até o Tribunal de Beja emitir um decisão.

Recorde-se que a providência cautelar foi interposta pelas autarquias de Arraiolos, Mora, Montemor-o-Novo, Vendas Novas e Viana do Alentejo pelo facto do secretário de Estado Bernardo Trindade ter excluído representantes da RTE no processo de instalação da Área Regional de Turismo do Alentejo. “Foram incluídos em todas as comissões instaladoras representantes e nomeadamente os presidentes da Regiões de Turismo, no caso de Évora não foi incluído o seu presidente, nem foram criadas condições para que fossem os órgãos eleitos a indicar o seu representante”, sublinhou Jerónimo Lóios, acrescentando que este procedimento “contrariou a legislação em vigor”.



publicado por noticiasevora às 15:48
link do post | comentar | favorito

Sábado, 19 de Julho de 2008
Monsaraz Museu Aberto termina amanhã

 

A bienal cultural Monsaraz Museu Aberto que termina amanhã na vila medieval de Monsaraz conta com um programa que pretende abordar o que de melhor se faz na cultura e nas artes do espectáculo, a nível nacional e internacional. Organizado pelo Município de Reguengos de Monsaraz desde 1986, o Monsaraz Museu Aberto tem atingido elevados índices de notoriedade pela qualidade e diversidade da programação e pelo cenário arquitectónico e histórico que envolve o festival, considerado de referência no Alentejo e em Portugal.

No último dia do Monsaraz Museu Aberto haverá a apresentação do Catálogo do Arquivo Histórico-Musical da Sociedade Filarmónica Harmonia Reguenguense, às 18horas, na Igreja de Santiago. Este trabalho, da responsabilidade do musicólogo Rui Vieira Nery e de José Mariz, especialista em arquivos do Instituto dos Arquivos Nacionais Torre do Tombo, permite conhecer várias décadas da história cultural local, agora de forma organizada e estudada.

A música regressa ao Adro da Igreja Matriz, pelas 21 horas, com o espectáculo Quarteto em Mim apresenta “Coisas do Tango”. Composto por quatro músicos de formação clássica (dois violinistas, uma violoncelista e um pianista), o Quarteto em Mim pretende transportar o público para a sensualidade apaixonante do Tango, através da música de Astor Piazzola, da dança, das palavras, luzes e cores que constroem os passos do Tango e envolvem o público na sua poesia traçada pelos sentimentos. O espectáculo vai contar com a participação dos bailarinos Pedro Candeias e Ana Candeias e do acordeonista Ricardo Alves.

A fechar o Monsaraz Museu Aberto, pelas 22h30m, o Castelo vai vibrar com os Blasted Mechanism. O concerto, integrado na segunda parte da digressão do disco “Sound in Light”, o mais recente da banda, funde sonoridades vindas dos quatro cantos do mundo. Com uma imagem bastante forte que vai beber de inspiração a vários elementos universais e que é mutável de disco para disco, os Blasted Mechanism contam já com a edição de vários discos ao longo da sua carreira de 12 anos. No estrangeiro, o grupo actuou em clubes e festivais internacionais no Reino Unido, México, Suiça, Alemanha e Holanda. Nos últimos anos, tocaram com os Rage Against The Machine, Moby, Marilyn Manson, Nick Cave, Beck, The Prodigy, Chemical Brothers, System Of A Down e Asian Dub Foundation, entre muitos outros.

 

 



publicado por noticiasevora às 15:41
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 18 de Julho de 2008
“Agora que chega o Verão conduza Com Precaução”

 

A governadora civil de Évora, Fernanda Ramos anunciou para o distrito uma campanha intitulada “Agora que chega o Verão conduza Com Precaução”, no seguimento do trabalho efectuado ao longo do ano e que visa reduzir o número de mortes nas estradas. Neste sentido, explicou que vão ser efectuadas várias acções de sensibilização e de fiscalização com vista a melhorar ainda mais, neste período de férias em que estamos, os acidentes rodoviários e as suas consequências.

 

Quais são os objectivos desta campanha que foi recentemente lançada?

Queremos que as pessoas se mantenham atentas no sentido de mantermos os números atingidos em 2006. Portugal tinha como meta reduzir para menos de mil o número de mortos na estrada até 2010 e conseguiu atingi-lo em 2006. Como tal, e tendo em conta também os números existentes no distrito, queremos manter estas campanhas de sensibilização para mantermos os nossos resultados, contribuindo assim para a estatística nacional de forma positiva.

 

Pensa que a sensibilização pode ser o “segredo” da diminuição dos acidentes?

Eu penso que é importante manter a população atenta, tentarmos sensibilizar as pessoas para os comportamentos que não devem ter quando conduzem. Só assim será possível manter os números que atingimos e se possível até melhorá-los.

 

Em seu entender, quais são as perspectivas para este Verão?

Nós desenvolvemos ao longo deste ano uma campanha direccionada para as crianças e jovens, agora no Verão, e em termos do nosso distrito, lançámos um sub-lema que vai de encontro ao grande objectivo nacional “Mortes na Estrada - Vamos travar este drama” a que chamámos “Agora que chega o Verão conduza Com Precaução”. Para desenvolver esta campanha, os elementos que integram a Comissão Distrital de Segurança Rodoviária e os jovens vão desenvolver acções de sensibilização junto dos automobilistas. Mas também haverá acções de fiscalização na estrada e controle de velocidade por forma a que se consigam bons resultados.



publicado por noticiasevora às 15:35
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 17 de Julho de 2008
Volta a Portugal do Futuro inicia-se mais uma vez em Reguengos de Monsaraz

 

 

A 16ª Volta a Portugal do Futuro, em ciclismo, tem início em Reguengos de Monsaraz na terça-feira, dia 22 de Julho, pelas 17:00 horas, com um contra relógio individual dentro da cidade, num percurso de 4 km. A partida e a chegada do prólogo será junto às Piscinas Municipais da cidade.

Pelo segundo ano consecutivo, Reguengos de Monsaraz recebe as primeiras pedaladas dos aspirantes à categoria Elite, que vão ter pela frente seis dias de competição, perfazendo um percurso com 709,8 km. Na quarta-feira, o jovem pelotão parte de Reguengos de Monsaraz às 10:30 horas para a primeira etapa em linha até Setúbal, na distância de 141 km.

A 16ª Volta a Portugal do Futuro constitui o ponto mais alto da temporada da antiga categoria de Esperanças e terá a participação de 14 equipas, podendo cada uma alinhar com um máximo de 8 corredores. O pelotão será composto pelas equipas portuguesas do Sport Lisboa e Benfica, Tavira/Palmeiras Resort, Crédito Agrícola, Imocom/Cartaxo, LA Sistemas/Trevomar, Maia/SEC, RM Eventos/S.C. Vila Verde, Stª Maria da Feira/E’Leclerc, Bretescar/Gessical, Casactiva/Qtª das Arcas e a Mortágua/ERA, e pelas formações espanholas ECP/Aluminis St. Jordi, C. C. Spol/Caixanova e a Saunier Duval (U23).

A 16ª Volta a Portugal do Futuro, organizada pela PAD, termina no dia 27 de Julho em Oliveira do Bairro.



publicado por noticiasevora às 15:59
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 16 de Julho de 2008
Município de Borba incentiva a caiação das habitações

 

O Município de Borba aprovou as Normas de Aplicação do Programa Borba Branca Borba Limpa 2008, com o objectivo de incentivar os proprietários, senhorios e inquilinos a procederem à caiação ou pintura das fachadas das habitações e a alterarem a cor das fachadas para as cores tradicionais da região nos rodapés e socos salientes, como o azul, cinzento, ocre e vermelho escuro.

Podem-se candidatar todos os moradores do concelho de prédios de habitação ou mistos, dos próprios ou arrendados, com excepção das zonas habitacionais mais recentes, edifícios cujas obras tenham decorrido no presente ano ou que tenham beneficiado de outros incentivos, como seja o Programa RECRIA.

Os apoios financeiros serão atribuídos tendo por base o rendimento mensal per capita do agregado familiar, que não pode exceder três vezes o salário mínimo nacional. As intervenções poderão ser bonificadas até 40 por cento de acordo com a data da sua realização, alteração para as cores tradicionais, utilização de cal ou localização numa Zona de Protecção de Imóveis Classificados ou em vias de Classificação.

As inscrições decorrem até ao dia 30 de Setembro, podendo os interessados iniciar o processo de candidatura e solicitar mais informações nos Serviços Técnicos da Câmara Municipal de Borba.

Com a execução deste Programa, conjuntamente com o concurso Borba Florida, a autarquia pretende tornar o concelho mais atractivo a quem o visita neste período de Verão, incentivando a população a proceder à caiação e embelezamento das fachadas das habitações, tornando-as mais brancas e floridas.



publicado por noticiasevora às 15:35
link do post | comentar | favorito

Quinteto com piano anima Claustros do Convento dos Remédios

 

 

A Associação Eborae Mvsica prossegue no próximo fim-de-semana o IX Ciclo Concertos “Música nos Claustros-Encontro de Instrumentos e Vozes Ibéricas", com a realização de um Concerto, no Convento dos Remédios, em Évora. Dia 19 de Julho, sábado, às 21h30, actua o Quintento com Piano com Luis Rufo e Susana Nogueira – Violinos, Bruno Correia – Violeta, César Gonçalves – Violoncelo e Ana Filipa Luz – Piano.

Esta actividade que este ano tem como inovação a cooperação e intercâmbio musical com a Extremadura espanhola, apresenta o seguinte programa: Johannes Brahms (1833–1897) - Quinteto com Piano em Fá menor, Op. 34a (1864); Allegro Non Troppo - Poco Sostenuto -Tempo I; Andante, Un Poco Adagio; Scherzo. Allegro – Trio; Finale. Poco Sostenuto - Allegro Non Troppo; Antonin Dvorák (1841–1904) - Quinteto com Piano em Lá Maior, Op.81 (1887); Allegro, ma non tanto e Dumka (Andante con moto), Scherzo (Furiant), (Molto vivace) e Finale (Allegro)

Susana Nogueira iniciou os seus estudos musicais com seu pai, instrumentista da Orquestra do Teatro Nacional de S. Carlos. Concluiu a licenciatura na Escola Superior de Música de Lisboa sob a orientação do Prof. Khatchatour Amirkhanian. Trabalhou com o Maestro Christopher Bochmann em Orquestra, e, entre outros, com a Prof. Olga Prats. Colaborou várias Orquestra e participou na fundação da Orquestra de Cordas do Conservatório Regional de Évora - Eborae Mvsica, e da Orquestra de Violinos. Luís Rufo é Licenciado pela Escola Superior de Música de Lisboa, na classe de violino do Prof. Gareguin Arouthounian. Trabalhou com o Maestro Christopher Bochmann, Prof. Olga Prats, Prof. Khatchatour Amirkhanian, entre outros. Foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian. Tem-se apresentado em recitais a solo e na formação de Quarteto de cordas e em Violino e Piano. Ana Filipa Luz estudou no Conservatório Regional de Música da Golegã, onde trabalhou com Alexei Eremine, Luís Batalha e Ian Mikirtoumov, na classe de Piano, e Guenrik Elessine e Ian Mikirtoumov. Está a finalizar a Licenciatura em Música - vertente de Piano, na Universidade de Évora, na classe de piano de Elizabeth Allen e de João Lucena e Vale em Conjunto Vocal e Instrumental. César Gonçalves nasceu no Funchal, Arquipélago e iniciou os estudos musicais aos 15 anos e aos 19 anos, inicia o estudo do violoncelo no Conservatório de Música da Madeira com o professor Agostinho Henriques.

Em 2005 ingressou no ensino superior, na Academia Nacional Superior de Orquestra em Lisboa, com o professor Paulo Gaio Lima. No continente integrou já diversas orquestras.

O Ciclo continua no dia 26, às 21h30, com “Breathing of Statues” - Orlanda Isidro (soprano), Luisa Tavares (mezzosoprano), Tiago Matias (alaúde) que darão um concerto para voz e alaúde com obras de C.Monteverdi, John Dowland (1563-1626), Girolamo Kapsberger e Henry Purcell.

 



publicado por noticiasevora às 15:31
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





posts recentes

Ciclo de Concertos Promen...

Em Montemor-o-Novo há mús...

Évora recebe “Tool Fair” ...

Câmara Municipal de Évora...

Évora homenageia “Manel d...

Reguengos de Monsaraz com...

Telemedicina já efectuou...

Évora comemora Dia Mundia...

Montemor-o-Novo comemora ...

Mora comemora 25 de Abril...

arquivos

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

blogs SAPO
subscrever feeds