Um blog onde damos primazia à informação curta, clara e concisa
Quinta-feira, 22 de Janeiro de 2009
Município de Vendas Novas assina contrato para execução da obra do Centro Educativo no valor de 1 milhão e 660 mil euros

 

O Município de Vendas Novas e a Sociedade de Construção José Coutinho, S.A. assinaram o contrato para execução da empreitada de requalificação da Escola Básica de Vendas Novas/Centro Educativo, no valor de 1 milhão e 660 mil euros.

O Centro Educativo é um projecto que irá integrar seis salas do 1.º ciclo e cinco salas de Jardim-de-Infância, funcionando assim como um equipamento integrado que assume um efeito aglutinador e gerador do desenvolvimento local, de forma a contribuir para o sucesso educativo e formação pessoal das crianças e jovens.

Inclui ainda uma Biblioteca duas salas polivalentes, uma cantina escolar com capacidade para confeccionar 450 refeições e duas salas de professores e de pessoal auxiliar. A área exterior dedicada ao recreio terá espaços equipados e qualitativamente caracterizados como um pátio interior e exterior, recinto desportivo, parque infantil, hortas e jardins de cultivo. Cada sala de actividades será dotada, para além de pátio individualizado, de uma pequena zona exclusiva de horta/jardim pedagógicos e os diversos espaços serão munidos de equipamento informático.

Este projecto resulta de uma candidatura ao INAlentejo, a qual obteve parecer favorável mas com alguns desajustamentos, aguardando a autarquia uma reposta a algumas solicitações com base no novo Regulamento de Requalificação da Rede Escolar do 1.º Ciclo do Ensino Básico e da Educação Pré-escolar.

 



publicado por noticiasevora às 18:48
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 21 de Janeiro de 2009
Portugal distinguido no Parlamento Europeu – Programa de Rastreio do cancro do colo do útero da ARS do Alentejo

A Cimeira da ECCA (Associação Europeia Contra o Cancro do Colo do Útero) reconhece e premeia a Administração Regional de Saúde do Alentejo pelo seu programa de rastreio do cancro do colo do útero. Os primeiros resultados do programa de rastreio no Alentejo são apresentados hoje nesta cimeira.

No âmbito da III Semana de Prevenção do Cancro do Colo do Útero, e a convite da European Cervical Cancer Association, Rosa Matos, Luis Gonçalves e Conceição Margalha, presidente, vice-presidente da ARS Alentejo, e coordenadora do Programa, respectivamente, irão apresentar os primeiros resultados do programa de rastreio do Alentejo da responsabilidade da respectiva ARS.

O programa iniciado em Janeiro de 2008 estrategicamente alinhado com as prioridades dos Planos Nacional e Regional de Saúde, tem como missão principal diminuir a incidência e mortalidade do cancro do colo do útero no Alentejo, promover o tratamento atempado, aumentar a sobrevivência das mulheres diagnosticadas com esta doença e fazer o diagnóstico precoce a todas as mulheres assintomáticas.

Este rastreio organizado que envolve mulheres dos 30 aos 65 anos, preconiza duas colheitas em dois anos seguidos, que serão repetidas com intervalos de três anos. Estão abrangidos os 44 centros de Saúde, as 3 Unidades de Saúde Familiar (USF) da região, bem como o Departamento de Patologia (Anatomia Patológica) do Hospital do Espírito Santo de Évora (que analisa todas as amostras recolhidas) e as consultas de ginecologia dos Hospitais de Portalegre, Évora e Beja.

A ARS do Alentejo produziu materiais de divulgação para o grande público, que visam esclarecer devidamente a população sobre esta doença e como a mesma pode ser prevenida. A campanha da informação centrou-se também nos aspectos práticos do rastreio, nomeadamente, o envio de cartas/convocatórias às utentes com a indicação do dia e hora para realização do exame. Adicionalmente, pôs à disposição das utentes uma linha telefónica (número verde gratuito) de aconselhamento que responde a todos os pedidos de informação recebidos. Esta linha atende uma média de 250 telefonemas por mês. Até à data de hoje, mais de 20.000 mulheres foram incluídas e rastreadas  tendo sido realizadas 17.400 citologias.



publicado por noticiasevora às 18:52
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 20 de Janeiro de 2009
Exposição Temporária sobre o Abastecimento de Água na Cidade de Évora

 

A Câmara Municipal de Évora tem patente no Arquivo Municipal, instalado no edifício dos Paços do Concelho, com entrada pela Rua D. Isabel, uma exposição sobre o “Abastecimento de Água na Cidade de Évora”, que está integrada no Projecto de Interpretação do Património Hidráulico de Évora.

Esta exposição tem como objectivo divulgar a história do fornecimento de água na cidade ao longo dos tempos, evidenciando algumas estruturas e equipamentos que marcaram a génese e a evolução do processo de abastecimento de água.

As instalações do Arquivo Municipal foram recentemente remodeladas, com vista à criação de três novos espaços: uma sala de recepção ao público, uma sala para leitura e acções de animação e também uma sala para exposições destinada à apresentação de trabalhos de divulgação do acervo do Arquivo.

A exposição “O abastecimento de água na cidade de Évora” é a primeira a revitalizar o espaço do Arquivo Municipal, tendo sido inaugurada no passado dia 14 de Novembro, e vai estar patente ao público durante os primeiros meses deste ano, de segunda a sexta-feira, das 9:00 às 12:30 e das 14:00 às 17:30.

A visita a esta exposição pode ser complementada com uma visita à Unidade Museológica CEA [antiga Central Elevatória de Água(s)], localizada na Rua do Menino Jesus, que surgiu com o propósito de se interpretar e valorizar o património hidráulico da cidade de Évora. A sua criação contribui para o entendimento da evolução económica e social da cidade, ajudando a compreender os vários espaços do complexo que constitui a CEA e que permitiam, em conjunto, o armazenamento e a distribuição de água. Testemunho relevante da arqueologia industrial existente na cidade, o edifício da CEA, que alberga a estação elevatória, tem a particularidade de possuir elementos arquitectónicos e decorativos de Estilo Internacional e Arte Déco, correntes artísticas de influência europeia, que surgiram no país durante a década de 30.

O Arquivo Municipal e a Unidade Museológica CEA, em colaboração com o Núcleo de Documentação, integrado na Divisão dos Assuntos Culturais da Câmara de Évora, irão brevemente apresentar um programa de animação e divulgação para este ano, que englobará a realização de conferências, visitas guiadas, percursos pedestres e colóquios, entre outras iniciativas.

 



publicado por noticiasevora às 18:45
link do post | comentar | favorito

Luís Figo dá nome a estádio municipal do Alandroal

 

Um futebolista com origens no concelho de Alandroal, um filósofo e pensador cubano e um conhecido habitante da vila, são as figuras que a Câmara liderada por João Nabais, propôs à Comissão de Toponímia local. Os nomes de Luís Figo, Arnaldo Passos e José Martí foram aprovados por unanimidade.

Ao futuro Estádio Municipal, que está a nascer a poente da vila, a autarquia alandroalense vai atribuir o nome do ex-capitão da selecção A de futebol, Luís Figo, a quem Câmara atribuiu a Medalha de Ouro do Município de Alandroal, concelho de onde a sua mãe nasceu. Este galardão, o mais importante que é atribuído pelo município, também confere a Luís Figo o título de Cidadão Honorífico de Alandroal.

Arnaldo Passos foi proprietário de uma mercearia/retrosaria contígua ao actual "Jardim das Meninas", o característico largo com palmeiras centenárias, no centro da vila, que a Câmara está a requalificar. O comerciante, falecido há poucos anos, era conhecido por 'matar' a fome e a sede aos mais noctívagos em época de festas e aos fins-de-semana. Por uma porta lateral, vendia cerveja e petiscos num balcão improvisado. O convívio levava à tertúlia, por vezes política e social, e seguia madrugada dentro.

O nome de José Martí vai ser atribuído à artéria principal do Loteamento das Caraças cujas infra-estruturas se encontram em fase de construção. O pensamento do filósofo, jornalista e revolucionário cubano do séc. XIX, transcendeu as fronteiras de Cuba e adquiriu carácter universal. Lutou contra o domínio espanhol da ilha, foi preso político e morreu às mãos dos militares ocupantes, em 1895.

 



publicado por noticiasevora às 18:42
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 19 de Janeiro de 2009
Fluviário de Mora lança documentário sobre peixes de água doce em vias de extinção

O Fluviário de Mora lança esta semana o documentário em vídeo “Expedição Rivus: Viagem ao Planeta Fluviário” dedicado às espécies de água doce e totalmente filmado naquele espaço. “Expedição Rivus: Viagem ao Planeta Fluviário”, com 60 minutos de duração, retrata a viagem imaginária de uma equipa de cientistas que se aventura na descida de um rio ibérico, da nascente à foz.

Durante a viagem descobrem inúmeras espécies de água doce, muitas em vias de extinção, que habitam os rios e lagos portugueses e espanhóis. Mas não só!

A expedição cruza oceanos à descoberta de espécies aquáticas nos grandes lagos africanos e na bacia amazónica. A “Rivus” identifica mais de 50 espécies de peixes, anfíbios e répteis que ainda habitam o nosso planeta.

Realizado por José Coimbra e Tiago Guimarães e totalmente rodado no Fluviário de Mora, a “Expedição Rivus” esteve entre os 22 documentários a concurso na competição “Lusofonia” do festival Cine Eco 2008 que decorreu em Seia.

O lançamento ocorre dia 23 de Janeiro, às 18H00, no auditório do Fluviário de Mora, em Mora, ficando disponível para venda em formato DVD.

Com mais de 500 peixes de 70 espécies diferentes de todo o mundo em habitats naturais, aquáticos e terrestres, num percurso entre a nascente e a foz de um rio, o Fluviário de Mora é a primeira e única infraestrutura do género na Europa tendo recebido, desde Março de 2007, cerca de 350 mil visitantes.

 O Fluviário de Mora é uma obra conjunta da Teixeira Duarte e da Promontório Arquitectos, que inclui empresas como a Consestudi, firma americana especializada em museus vivos, Turmar, responsável pela captura e entrega dos peixes e a Y-Dreams, para a concepção multimédia, além da participação de nomes como Pedro Salgado, considerado o melhor ilustrador científico do mundo, e Henrique Cayatte, que produziu o logótipo e a sinalética do edifício.

 



publicado por noticiasevora às 18:40
link do post | comentar | favorito

Reguengos de Monsaraz promove potencialidades turísticas na BTL

O Município de Reguengos de Monsaraz vai estar presente na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), que se realiza entre os dias 21 e 25 de Janeiro na FIL, no Parque das Nações, em Lisboa. Pelo terceiro ano consecutivo, a autarquia vai promover o concelho de Reguengos de Monsaraz e mostrar as suas potencialidades turísticas na maior feira internacional de turismo que se realiza em Portugal e que espera ter mais de 80 mil visitantes.

O stand de Reguengos de Monsaraz vai apostar na promoção do concelho nos sectores do turismo cultural e paisagístico, turismo em espaço rural, gastronomia e vinhos, turismo náutico e de aventura e turismo de negócios. O município vai aproveitar o certame para desenvolver acções institucionais e de marketing, apresentar propostas e realizar contactos com operadores turísticos nacionais e estrangeiros, participar nas acções promocionais que a BTL propõe aos expositores e estabelecer um contacto directo com potenciais turistas.

Este ano foi elaborado um novo folheto promocional para distribuir durante a BTL que será encartado no catálogo oficial da organização. O folheto inclui os contactos da restauração, enoturismo, bares, alojamentos e olarias do concelho, os eventos que vão decorrer durante o ano em Reguengos de Monsaraz, informação sobre o Grande Lago de Alqueva e os pilares estratégicos para o desenvolvimento turístico da região.

O stand de Reguengos de Monsaraz terá animação e provas de vinhos durante o certame. Na quarta-feira, dia 21 de Janeiro, entre as 15:00 horas e as 17:00 horas, haverá provas de vinhos do Esporão, no dia 22, no mesmo horário, a CARMIM vai apresentar os seus vinhos aos visitantes da BTL e no dia 23, pelas 11:00 horas, será a vez da Adega do Calisto e às 16:00 horas a Herdade do Corval.

Quanto à animação do stand, no dia 23 actua Mário Moita (às 16:00 horas, 18:00 horas e 19:00 horas), no dia 24 será o jovem fadista Luís Filipe (16:00 horas, 17:00 horas e 19:00 horas) e no dia 25 é a vez do Grupo Coral da Freguesia de Monsaraz (16:00 horas, 17:00 horas e 19:00 horas). O centro oleiro de S. Pedro do Corval, considerado o maior do país com 26 olarias em actividade, estará representado na BTL nos dias 23, 24 e 25 com o Mestre Velhinho a mostrar ao vivo a sua arte.

O stand do Município de Reguengos de Monsaraz vai ainda promover um sorteio aos visitantes da BTL que terá como primeiro prémio um fim-de-semana (entrada na sexta-feira e saída no domingo) para duas pessoas no Monte de Santa Catarina, o segundo prémio é um almoço para duas pessoas no restaurante Galeria do Esporão e o terceiro é um passeio de barco para duas pessoas no Grande Lago de Alqueva (Marina da Amieira).

 



publicado por noticiasevora às 18:35
link do post | comentar | favorito

Domingo, 18 de Janeiro de 2009
Escritores Luisa Ducla Soares e José Fanha voltam a trabalhar com escolas eborenses

 

A escritora Luísa Ducla Soares esteve em Évora para trabalhar com alunos das escolas EBI/JI Malagueira e EB2/3 Conde Vilalva, no âmbito do projecto educativo “A Fada Palavrinha e o Gigante das Bibliotecas”, promovido pelo Município de Évora.

No dia 21 do corrente mês, é a vez do escritor José Fanha vir trabalhar com a EB2/3 André de Resende e EB1 Horta das Figueiras.

Tudo isto se passa no contexto da actividade “Conto(s) Contigo”, cujo principal objectivo é incentivar os alunos para a leitura, através do contacto e do trabalho em conjunto com estes autores.

Uma formação para pais, dinamizada por José Fanha e designada “Vamos falar de livros” terá lugar no próximo dia 31, pelas 10h00, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Além de abordar algumas estratégias e técnicas às quais pais e encarregados de educação podem recorrer para partilhar um livro com os seus filhos, esta sessão tem, ainda, como objectivo clarificar o papel dos pais enquanto mediadores de leitura.

As actividades deste projecto educativo não param por aqui e neste âmbito importa também salientar o início do funcionamento do CEL – Centro Educativo para a Leitura, sedeado na Ludoteca/Parque Infantil e que, entre Janeiro e Julho, está a receber grupos de crianças de pré-escolar e 1º ciclo para o desenvolvimento de actividades de animação da leitura, segundo quatro pólos de actuação: imagem, narrativa, poesia e escrita.

As marcações para futuras visitas poderão ser feitas pelo e-mail cmevora.projeducativo@mail.evora.net ou telefonicamente para a Divisão de Gestão e Equipamento de Acção Educativa da Câmara Municipal de Évora.

Recorde-se que “A Fada Palavrinha e o Gigante das Bibliotecas” tem nos últimos três anos animado com visível êxito um conjunto cada vez mais alargado de estabelecimentos de ensino, o que levou ao prolongamento do projecto, com vista a prosseguir na promoção e fomento da literacia.

O projecto dispõe também do site (http://www2.cm-evora.pt/FadaPalavrinha )  e do blog (http://fadapalavrinha.blogspot.com), meios de comunicação e difusão de notícias, actividades dos estabelecimentos de ensino, sugestões literárias, galeria de fotos, propostas para docentes e jogos lúdicos.

 



publicado por noticiasevora às 18:32
link do post | comentar | favorito

Sábado, 17 de Janeiro de 2009
Reguengos de Monsaraz vai ter Unidade de Cuidados Continuados Integrados

 

A Fundação Maria Inácia Vogado Perdigão Silva assinou com o governo, na FIL - Feira Internacional de Lisboa, um contrato de apoio financeiro no âmbito do Programa Modelar que visa criar a Unidade de Saúde Inácio Coelho Perdigão.

O contrato, no valor de 750 mil euros, foi assinado pelo presidente da Comissão Administrativa da fundação, Victor Martelo, numa sessão que contou com a presença do primeiro-ministro, José Sócrates, da ministra da Saúde, Ana Jorge e do ministro do Trabalho e da Solidariedade Social, Vieira da Silva.

Tem como objectivo implementar a relevante participação do sector social de forma a prestar melhores cuidados de saúde aos cidadãos. A nova unidade ficará instalada num edifício a construir nas instalações da Fundação Maria Inácia Vogado Perdigão Silva, terá capacidade para 30 camas e vai apoiar pessoas em situação de dependência no âmbito da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados. As obras desta unidade iniciam-se no próximo mês de Fevereiro e vão custar cerca de 1,8 milhões de euros.



publicado por noticiasevora às 18:28
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 16 de Janeiro de 2009
Teatro de marionetas no Convento dos Remédios em Évora

 

A Câmara Municipal de Évora apresenta amanhã, sábado, pelas 16 horas, no Convento dos Remédios, mais uma representação de “O Relógio do Rei”, uma peça de teatro de marionetas para crianças, que é uma produção da Casa da Balança – Núcleo Museológico de Metrologia, sob a tutela da Divisão de Assuntos Culturais da autarquia. Após esta data a peça voltará a ter outras apresentações, nos dias 14 de Fevereiro e 14 de Março, no mesmo local e à mesma hora.

“O Relógio do Rei” é mais um conto dramatizado por marionetas nascidas na Casa da Balança, que permite uma abordagem à grandeza Tempo e aos conceitos Horas e Minutos. A peça tem a duração de 30 minutos e foi concebida para todos os públicos, embora tenha uma atenção especial para as crianças. Manuel Costa Dias (Trulé) encarregou-se da encenação da peça, a partir do conto original de Susana Coelho que conta uma história que começa “quando numa manhã algo de estranho se passa com o relógio real e um rei distraído vê o seu reino entrar em desalinho - mas quando é que um relógio é fundamental na vida de um rei?”.

A música do espectáculo foi concebida por Nilton Carvalho Esteves, a manipulação das marionetas está a cargo de Susana Coelho, Cristina Ardison e Alexandra Charrua. Os figurinos foram criados por Maria João Petisca, Gisela Coelho, Cristina Ardison e Alexandra Charrua, que também concebeu os cenários e design de mobiliário. O som é assegurado por Sérgio Mateus e a fotografia por Susana Coelho.

Esta peça está integrada no projecto Contos n’Oficina|2008, que se associou à exposição “A Descoberta da Sombra”, organizada pelo Departamento do Centro Histórico, Património e Cultura da Câmara Municipal de Évora e Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, que está patente no Convento dos Remédios, local onde se realizam os espectáculos de “O Relógio do Rei”.

 



publicado por noticiasevora às 18:25
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 15 de Janeiro de 2009
Câmara de Évora agradece aos munícipes a reciclagem feita nesta quadra festiva

 

A Câmara Municipal de Évora já efectuou o balanço da campanha “Natal Limpo 2008” tendo verificado que, graças ao cuidado e civismo tido pela população na reciclagem de papel e embalagens de cartão e ao esforço dos jovens voluntários na sua dinamização, foi recolhido um total de 87.601 quilogramas de papel e cartão, entre 5 de Dezembro e 7 de Janeiro, o que permitiu salvar cerca de 1.500 árvores.

Um valor que ultrapassa em muito o resultado obtido na campanha realizada em 2007, quando se pouparam o equivalente a 700 árvores, pela separação de 35 toneladas deste tipo de resíduos nos contentores adequados.

Recorde-se que esta campanha, feita pela Câmara Municipal e Conselho Municipal da Juventude de Évora, contou também com a participação da GESAMB – Gestão Ambiental e de Resíduos, EIM; o SITEE-EM – Sistema Integrado de Transportes e Estacionamento de Évora e a Associação Comercial do Distrito de Évora, que se associaram à iniciativa.

Este ano foram colocados um total de 25 pontos de recolha extraordinária (papelões azuis) já não apenas na cidade, como em edição da campanha em 2007 e 2006, mas por todo o Concelho, tendo a Câmara exposto publicamente na Praça do Sertório um papelómetro informativo onde registou a evolução da recolha de papel e cartão e a equivalência em termos de árvores salvas devido a esta acção.

O lançamento da campanha foi feito na Praça de Giraldo e animado pelas tunas universitárias. O SITEE apadrinhou a iniciativa com a oferta de bilhetes de autocarro durante toda a campanha, como forma de incentivar as deslocações nos transportes públicos e contribuir para um ambiente mais limpo.

Na manhã do dia 18, alunos de diversas escolas do ensino básico e de jardins-de-infância da cidade, muitos deles vestidos a condizer com esta quadra festiva, animaram a Praça de Sertório com danças e canções, no âmbito da campanha, tendo sido também distribuídos folhetos informativos e outros materiais fornecidos pela GESAMB.

De sublinhar, e como uma das grandes inovações deste ano, a divulgação porta-a-porta por todo o concelho nos dias 22 e 23 de Dezembro, nos locais onde houve reforço de recolha, feita por 15 voluntários do programa VJovem e associações várias (a quem a Câmara também agradece) com vista a sensibilizar as populações e que incluiu igualmente a oferta de materiais promocionais. Uma acção a que se atribui grande parte do sucesso desta campanha, não só pela eficácia da mensagem de sensibilização, mas sobretudo pelo envolvimento e compromisso assumido e protagonizado pelos jovens que a veicularam.

 



publicado por noticiasevora às 18:22
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





posts recentes

Ciclo de Concertos Promen...

Em Montemor-o-Novo há mús...

Évora recebe “Tool Fair” ...

Câmara Municipal de Évora...

Évora homenageia “Manel d...

Reguengos de Monsaraz com...

Telemedicina já efectuou...

Évora comemora Dia Mundia...

Montemor-o-Novo comemora ...

Mora comemora 25 de Abril...

arquivos

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds