Um blog onde damos primazia à informação curta, clara e concisa
Sábado, 22 de Março de 2008
Fronteira mental ainda condiciona relações Ibéricas


A fronteira mental entre Portugal e Espanha representa ainda “uma enorme barreira aos fluxos comerciais interregionais”. Esta é a principal conclusão a que chegou Ricardo Bruno Ferreira na tese de doutoramento “Comércio Interregional Ibérico”, apresentada na Universidade de Extremadura e que contou com o apoio do Gabinete de Iniciativas Transfronteiriças (GIT) da Junta de Extremadura, Espanha.

Este investigador concluiu ainda que as relações comerciais entre regiões de Portugal e de Espanha estão “muito aquém do seu potencial” e são um aspecto “quase desconhecido”. Professor da Escola Superior Agrária de Elvas, Ricardo Bruno Ferreira analisou, pela primeira vez, 132 matrizes de comércio interregional ibérico, o que lhe permitiu afirmar que “não se está a aproveitar o potencial de desenvolvimento que decorre de um fortalecimento das relações entre regiões dos dois estados”. Esse potencial só será plenamente aproveitado, escreve, quando “a generalidade dos agentes económicos de uma determinada região conseguir olhar para os seus congéneres de uma região de outro país sem ser como estrangeiro”.

O autor estabeleceu como principal objectivo da sua tese a estimação dos fluxos comerciais interregionais internacionais, dados até agora nunca estudados e para os quais criou uma nova metodologia, de forma a poder dar continuidade a esse trabalho de análise durante os próximos anos.

Na sua tese, Ricardo Bruno Ferreira, gerou matrizes de origem/destino de fluxos comerciais interregionais para toda a Península Ibérica, caracterizando-os em simultâneo. Com esta metodologia, concluiu que a grande maioria das relações comerciais que cada região estabelece é com parceiros da mesma nacionalidade.



publicado por noticiasevora às 11:49
link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De Associação de Desenvolvimento Regional a 27 de Maio de 2008 às 17:44
Assunto: Nota de rectificação
Reportamo-nos à notícia por vós publicada em 22/3/08, sob o título Fronteira mental ainda
condiciona relações ibéricas. A mesma referia-se ao lançamento da obra Comércio
Interregionallbérico, editada por esta Associação e da autoria de Ricardo Ferreira.
Na nota por vós publicada errada vinha referido o apoio do Gabinete de Iniciativas
Transfronteiriças(GIT)da Juntada Extremadura.Tal não é correcto. A edição foi feita com
apoio do Gabinete de Iniciativas Transfronteiriças da Comissão de Coordenação e
Desenvolvimento da Região Alentejo.


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





posts recentes

Ciclo de Concertos Promen...

Em Montemor-o-Novo há mús...

Évora recebe “Tool Fair” ...

Câmara Municipal de Évora...

Évora homenageia “Manel d...

Reguengos de Monsaraz com...

Telemedicina já efectuou...

Évora comemora Dia Mundia...

Montemor-o-Novo comemora ...

Mora comemora 25 de Abril...

arquivos

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

blogs SAPO
subscrever feeds