Um blog onde damos primazia à informação curta, clara e concisa
Domingo, 13 de Abril de 2008
Borba alia-se à AMI na recolha de óleos usados

A Câmara Municipal de Borba juntou-se à Fundação AMI – Assistência Médica Internacional na campanha de recolha de óleos alimentares usados, cujo destino será o seu aproveitamento para produção de Biodiesel. Através deste projecto, a autarquia vai tentar sensibilizar os proprietários da restauração e hotelaria, de modo a que restaurantes, unidades hoteleiras e cantinas escolares se envolvam na iniciativa, enviando os óleos utilizados na sua actividade para valorização. As entidades aderentes vão receber recipientes para armazenamento dos óleos que serão posteriormente recolhidos por uma empresa licenciada que fará o seu devido encaminhamento.

Esta acção surge com o intuito de aproveitar estes óleos que, na sua maioria provenientes da fritura de alimentos, são normalmente e indevidamente, despejados no sistema de esgotos. Este procedimento, além de ilegal, não é de forma alguma adequada, uma vez que acarreta diversas implicações negativas, quer ao nível da obstrução, entupimento e corrosão das canalizações, quer ao nível do próprio sistema de funcionamento das ETAR’s.

Actualmente, estes óleos têm vindo a ser utilizados como fonte de produção de Biodiesel, sendo esta apontada como a melhor solução para a valorização deste resíduo. O Biodiesel, um combustível com origem em fontes renováveis de energia, tem composição física e química semelhante ao gasóleo e apresenta diversas vantagens, entre as quais se destaca a sua produção com recurso a fontes de energia nacionais, contribuindo assim para a redução da dependência energética do país face a derivados de combustíveis fósseis. Além disso, destaca-se também o facto de ser biodegradável, de permitir a recuperação de resíduos, de não ser tóxico, de contribuir para a diminuição das emissões de gases com efeito de estufa e do custo das taxas de emissão de CO2, sendo praticamente nulo em termos de ciclo de carbono.

Através desta parceria, a AMI receberá um donativo por cada litro de óleo enviado para reciclagem e o estabelecimento aderente receberá um recibo comprovativo dedutível para efeitos de IRS ao abrigo da Lei do Mecenato.

Para se inscreverem neste projecto basta contactar a AMI, através do telefone 800 299 300, ou dirigir-se ao Gabinete Verde da Câmara Municipal de Borba, onde lhe será facultada a ficha de inscrição, assim como todas as informações pretendidas acerca deste assunto.

Paralelamente a esta campanha, e também em colaboração com a AMI, a Câmara Municipal de Borba continua a proceder à recolha de tinteiros, toners e telemóveis para posterior envio para reciclagem, sendo entregue à AMI, sob forma de donativo, o valor correspondente à quantidade enviada.



publicado por noticiasevora às 08:00
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





posts recentes

Ciclo de Concertos Promen...

Em Montemor-o-Novo há mús...

Évora recebe “Tool Fair” ...

Câmara Municipal de Évora...

Évora homenageia “Manel d...

Reguengos de Monsaraz com...

Telemedicina já efectuou...

Évora comemora Dia Mundia...

Montemor-o-Novo comemora ...

Mora comemora 25 de Abril...

arquivos

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

blogs SAPO
subscrever feeds