Um blog onde damos primazia à informação curta, clara e concisa
Sexta-feira, 27 de Junho de 2008
Portel comemora amanhã 750 anos da fundação do Mosteiro hospitalário de Marmelar

 

O Mosteiro de Marmelar, cuja fundação primitiva remonta ao período visigótico, foi doado, em 1258, por D. João Peres de Aboim à Ordem de São João de Jerusalém ou do Hospital, mais tarde designada por Ordem de Malta, na pessoa do seu Prior à altura, Afonso Pires de Farinha, no momento em que se procedia à reestruturação do território no qual se veio a formar o actual município de Portel.

Este mosteiro acabou por se tornar uma das comendas mais importantes que a Ordem de Malta possuiu em Portugal, sobretudo porque a sua igreja alberga, há mais de 700 anos (e onde ainda hoje se cultua), a Relíquia do Santo Lenho, a mesma que o monarca português D. Afonso IV mandou D. Álvaro Gonçalves Pereira, Prior do Hospital, transportar até terras do Guadalquivir, em 1340, e à qual, segundo as crónicas, se deveu a vitória dos cristãos sobre o exército mouro na famosa Batalha do Salado.

Hoje, o conjunto subsistente do extinto Mosteiro de Vera Cruz de Marmelar, constituído pela igreja e pelas ruínas do paço dos comendadores, encerra em si um património único, com valor histórico, arquitectónico e artístico de importância internacional. Tal reconhecimento justificou a realização do Projecto para o Estudo, Conservação e Divulgação da Igreja de Vera Cruz de Marmelar que está a ser levado a cabo pela autarquia de Portel e a Paróquia de Vera Cruz desde 2004.

Assinalando-se este ano os 750 anos da fundação do Mosteiro hospitalário de Marmelar (1258-2008), a Câmara Municipal de Portel, com a colaboração da Paróquia de Vera Cruz e da Assembleia dos Cavaleiros Portugueses da Ordem Soberana e Militar de Malta, prepara um conjunto de iniciativas para comemorar esta data histórica, com as quais se pretende que Vera Cruz retome os laços com a “familia” a que pertenceu durante quase seis séculos e dignificar a sua população, a qual tem garantido, ao longo do tempo, a preservação da memória da presença da Ordem de Malta nestas terras e do património que esta legou.



publicado por noticiasevora às 15:29
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





posts recentes

Ciclo de Concertos Promen...

Em Montemor-o-Novo há mús...

Évora recebe “Tool Fair” ...

Câmara Municipal de Évora...

Évora homenageia “Manel d...

Reguengos de Monsaraz com...

Telemedicina já efectuou...

Évora comemora Dia Mundia...

Montemor-o-Novo comemora ...

Mora comemora 25 de Abril...

arquivos

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

blogs SAPO
subscrever feeds